A confissão de cocaína de Lady Gaga exposta no livro Tell-All: 'Eu faria uma entrega, colocaria um pouco de Bowie e me trataria no espelho'

Cocaína Lady Gaga

Lady Gaga tem nunca foi tímido sobre ela cocaína usar. Ela disse Vanity Fair em 2010 que seu período pré-fama de usar drogas sem parar no Lower East Side de Nova York “foi um ponto baixo. Isso levou ao desastre. ”

Agora, um de seus confidentes mais próximos está puxando a cortina e expondo seus dias movidos a coca como uma artista que luta. Rivington era nosso: Lady Gaga, The Lower East Side e o Prime of Our Lives, pelo melhor amigo de Gaga Brendan Jay Sullivan, pinta uma imagem inabalável da vida pré-fama de Gaga - e quão difundida a cocaína estava nela.



No livro, que chegará às lojas em 27 de agosto, Sullivan se lembra de estar com Gaga em seu apartamento no Lower East Side e observá-la esfregar um pó branco do tapete e nas gengivas. 'É hortelã', ela disse a ele. “Eu queria que fosse coca.



“Eu costumava fazer bolsas e bolsas disso. Principalmente quando eu estava me preparando para sair, enquanto colocava minha maquiagem ”, Sullivan disse que Gaga disse a ele. “Eu pegaria uma entrega e, em seguida, colocaria um pouco de Bowie e me trataria no espelho. Mas eu sempre fiz isso sozinho. Essa era a minha única regra. ”

Era uma regra facilmente quebrada, afirma o autor. Ao sair com Gaga em outra noite no bar de rock Don Hill's, ela pediu a ele para ligar para um traficante para obter uma entrega de cocaína.



“Eu simplesmente concordei em comprar drogas para nós dois e passar a noite inteira fumando muitos cigarros e falando rápido demais sobre nós mesmos”, escreve ele. “Então comecei a me preocupar. Ela teve uma sessão de gravação em L.A. na semana seguinte. E se isso arruinasse a voz dela? ' Mas embora o traficante conhecido como “Diabo” tenha aparecido, Sullivan diz que o dispensou e a dupla ficou livre das drogas - pelo menos naquela noite.

Em outra noite, afirma Sullivan, Gaga tentou fazer com que ele marcasse novamente.

“Você queria ligar para‘ Judy ’?” Sullivan escreve que ela perguntou. 'Judy é o que meus amigos são todos cocaína.'



De fato, a maioria dos amigos de Gaga estava envolvida no mundo das drogas enquanto ela estudava na Tish School da NYU, de acordo com o livro.

Brendan se lembra de uma conversa com Gaga na qual ela disse que seus amigos da NYU, “... compravam sacos e mais sacos de cocaína. ... Eu saía com meus amigos e você pegava um deles no telefone com seus pais, fingindo que eles precisavam de dinheiro para comer ou comprar livros ou algo assim, e eles desligavam e iam ao caixa eletrônico e tire mais dinheiro para a festa.