LeAnn Rimes estava 'enojada' de si mesma após um caso com o marido de Brandi Glanville, Eddie Cibrian

Pp_leann rimes brandi eddie

LeAnn Rimes não consigo parar de falar sobre como ela se sentiu 'enojada' de si mesma depois que ela traiu seu próprio marido com Brandi GlanvilleEsposa de Eddie Cibrian e mesmo agora, quatro anos após o início do caso, ela diz que até se considerava “patética” enquanto tudo acontecia.

A cantora lançou um novo álbum, agora está felizmente casada com Eddie e é a “mãe bônus” para seus dois filhos, mas ela admite que se lembra, não muito tempo atrás, quando se sentiu péssima por causa de seus hábitos adúlteros.

“Eu estava sentindo todas essas emoções malucas e me sentindo péssimo comigo mesma e estava com nojo de mim mesma e pensei que era patética”, disse ela Usmagazine.com sobre a “montanha-russa emocional” que ela passou depois de ser pega traindo com Eddie.



LeAnn, 30, disse que foi para a reabilitação de ansiedade em 2012, ela explicou por que se sentiu deprimida o suficiente para procurar ajuda.

“Entrei e cuidei de mim mesmo porque estava estressado, deprimido e ansioso e não sabia como processar tudo”, disse LeAnn.

Ela admitiu que se sentia como se estivesse sob um microscópio e que “toda a sua vida estava lá para todo mundo julgar” desde que se tornou famosa aos 13 anos.

“Ir embora era algo que eu realmente precisava fazer.”

Apesar das batalhas quase constantes com Brandi, 40, no Twitter, os filhos de Eddie e o que ela chama de 'valentões' na internet, LeAnn diz que tem uma visão mais saudável da vida agora.

“Eu sou o mais forte que já fui”, ela se gabou.

“Sou o mais honesto comigo mesmo que já estive, o mais seguro que já estive sobre mim e minha família, e sou o mais confiante que estive em muito tempo. ”