Monster Mom! Cher de coração frio ignorou o casamento do filho Elijah Blue, afirma ele

Elijah Blue Cher

Elijah Blue, CaroFilho de 37 anos com lenda do rock Gregg Allman, chamou sua famosa mãe por virar as costas para ele e sua nova esposa Marie-Angela “Angie” King nos últimos meses, um período que abrange eventos como o casamento e a temporada de férias.

“Sempre fui a ovelha negra da minha família; temos muitos altos e baixos, e agora não é o melhor momento ”, Blue, 37, conta na edição desta semana doNational Enquirer, acrescentando que já se passaram mais de dois meses desde que ele e King se casaram em Beverly Hills em 1º de dezembro e ele ainda não ouviu um pio da estrela das sereias, 67.



Blue disse que o sangue ruim vem de uma briga em outubro com ele e sua noiva, de 26 anos.



“É como um impasse mexicano, mas temos um histórico” de problemas, disse Blue, um viciado em drogas em recuperação, ao Enquirer dele conflito com a mãe dele.

Ele disse sobre as complexas interações de King com a lenda da música e do cinema: “Você tem duas mulheres fortes, dois grandes touros no cercado; Acho que há um respeito e acho que eles batem cabeça. ”



Apesar do vitríolo, que levou o casal a deixar a casa de Cher em Malibu, Blue disse que estava 'muito magoado' por ser excluído das festividades de feriado da família.

“O Natal deve ser sobre a família”, disse ele, e “acabamos de nos casar”.

Uma fonte disse ao Enquirer que a cantora de ‘Believe’ precisará fazer alguns ajustes se quiser ouvir o tamborilar de pequenos pés que às vezes seguem os sinos do casamento.



“Elijah e sua esposa estão planejando ter filhos e se Cher quiser ter alguma parte da vida de seus netos, ela terá que fazer algumas mudanças importantes”, disse a fonte.

Blue disse que apesar de suas diferenças, ele sente o ícone pop‘“ A intenção tem sido genuína ”e ele permanece otimista de que os dois podem, eventualmente, consertar as barreiras.

Questionado sobre seu meio-irmãoChaz Bono, Elias simplesmente disse: “Somos muito diferentes. '

Para saber mais sobre essa história, confira a edição desta semana do Enquirer, nas bancas agora.